DESCRIÇÃO DE ESTRUTURAS LINGÜÍSTICAS PARA PROCESSAMENTO AUTOMÁTICO DE LINGUAGEM NATURAL

Resumo: Este projeto tem como objetivo: a) apresentar uma descrição do comportamento morfo-sintático-semântico-pragmático de estruturas lexicais para fins de processamento automático de linguagem natural e b) para fins didáticos, no que diz respeito ao ensino de língua portuguesa. O projeto se desenvolverá na perspectiva da descrição de estruturas verbais, com os verbos perder, fazer, apagar e cortar em que se realizam como verbos plenos, suporte ou expressões cristalizadas, dependendo do contexto de uso, e da descrição do comportamento morfossintático-semântico de estruturas lexicais na obra de Guimarães Rosa. Apresentamos 4 Subprojetos, 3 Subprojetos serão responsáveis pelo estudo dos verbos e 1 pelo reconhecimento e descrição de processos morfológicos . Tal descrição será feita a partir de um corpus constituído de 50 exemplos para cada Subprojeto. Esses exemplos poderão ser colhidos de fontes industrializadas como Web ou construídos a partir do julgamento de aceitabilidade por parte do falante nativo, bem como da obra de Guimarães Rosa. As descrições serão respaldadas por critérios sintáticos formais à luz da Teoria do Léxico-Gramática, Gross, (1975) e pela Teoria Lexical Basílio(1987). Espera-se com este estudo propor definições que caracterizam o comportamento das propriedades estruturais e representar esse conhecimento por meio de uma codificação que contribuirá para uma formalização. O mérito das pesquisas está no fato de que as descrições representam recursos para fins computacionais e para a melhoria do ensino de língua portuguesa.

Data de início: 2010-08-01
Prazo (meses): 12

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Coordenador Aucione das Dores Smarsaro
Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910