A Correspondência Sintático-semântica do Verbo Apagar Com Os Verbos Ter, Perder, Tirar: uma Descrição para Processamento Automático de Linguagem Natural.

Nome: Keila Mara Schneider
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 30/03/2017
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Aucione das Dores Smarsaro Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Aucione das Dores Smarsaro Orientador
Eric Guy Claude Laporte Examinador Externo
Janayna Bertollo Cozer Casotti Suplente Interno
Lilian Coutinho Yacovenco Examinador Interno
Oto Araujo Vale Suplente Externo

Resumo: Esta pesquisa apresenta uma descrição sintático-semântica do verbo apagar, analisando-se a correspondência sintático-semântica com o verbo tirar, por exemplo, 1) O psicólogo apagou o vício de João e 2) O psicólogo tirou o vício de João e a correspondência sintático-semântica com os verbos-suporte ter e perder , por exemplo, 3) João tem um vício, 4) João perdeu o vício. As análises são feitas com base no modelo teórico-metodológico do Léxico-Gramática (GROSS, 1975), que define critérios sintáticos formais para a descrição lexical. Esses critérios são aplicados em frases simples, extraídas por meio de buscas em dicionários ou na web, ou construídas e julgadas aceitáveis ou inaceitáveis por falantes nativos. O resultado da descrição é apresentado em formato de tabela do Léxico-Gramática e constitui uma base de dados lexicais, que pode ser utilizada em Processamento Automático de Linguagem Natural (PLN), contribuindo com o aprimoramento e criação de softwares, que têm como objetivo reconhecer estruturas de frases da Língua Portuguesa.

Palavras-chave:Verbo-suporte.Verbo Apagar.Descrição. Léxico-Gramática. Processamento Automático de Linguagem Natural.

Acesso ao documento

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910